bebe dorme muito e nao mama

Recém nascido dorme muito e não mama: causas e o que fazer

Bem Estar Nutrição

Um bebê recém nascido possui duas características que representam uma boa saúde: alimentação regular, ou seja, a criança está sendo amamentada normalmente, e o sono. 

Se o pequenino está mamando normalmente, a mãe sente aquela sensação gostosa de dever cumprido. Da mesma forma, se o bebê está dormindo tranquilamente, os pais chegam suspiram de satisfação.  

Mas, e quando o bebê dorme muito, e não come quase nada? O que pode causar esse fenômeno na vida da criança?

Por que alguns recém-nascidos dormem muito e não mamam? 

Bebês recém nascidos que dormem a maior parte do tempo, e quase não se alimentam, é um fenômeno muito raro. Normalmente, eles dormem muito nessa fase, mas também se alimentam bastante. 

Quando isso não acontece, alguma coisa pode estar acontecendo no corpo da criança. Na maioria das vezes, a causa desse fenômeno está relacionada ao nivel de glicemia no sangue do bebê. 

Em resumo, alguns bebês podem apresentar hipoglicemia. Esse fenômeno se dá quando a glicose no sangue fica abaixo do normal indicado, nesse caso o bebê terá dificuldades para acordar e resmungar com fome, já que seu corpo não tem energia suficiente para tal. 

Como já foi dito anteriormente, isso não é comum acontecer, mas caso seu filho esteja dormindo demais e mamando pouco, cabe a mãe acordá-lo para amamentar de tempos em tempos. 

Mais do que isso, apesar dessa ser a provável causa, ainda pode haver outras coisas acontecendo no organismo da criança. Dito isso, O ideal é procurar um pediatra para avaliar a situação, e dizer o que realmente está acontecendo. Além disso, apenas o médico poderá passar um tratamento para o caso. 

Estímulos exteriores

Caso o bebê não esteja muito interessado no peito, você pode tomar algumas atitudes para incentivar a amamentação. 

Leia também:  Creme de arroz para bebe: receitas de papinha de arroz para bebês

Uma boa dica, é buscar deixar o bebê entretido apenas com a mama, dessa forma a criança terá maior interesse na hora de se alimentar. Ela pode estar tendo dificuldades para mamar por causa da posição, nesse caso você deve experimentar posições diferentes para ver em qual ela se adapta melhor.

Além disso, quando seu filho adormecer na mama, acorde-o delicadamente, converse com ele ou faça cócegas em seus pés. A alimentação é essencial e o bebê deve aprender a mamar bem, antes de pegar no sono novamente.

Número de horas de sono do bebê

Cada bebê possui uma rotina de sono própria, pois cada pequenino é único e não tem como achar que todos se comportam igual. Apesar disso, existe um padrão que se mostra na maioria das crianças, e por isso é possível ter uma tabela do sono com um padrão comum. 

  • Recém-nascido – 16 a 20 horas no total;
  • 1 mês – 16 a 18 horas no total;
  • 2 meses – 15 a 16 horas no total;
  • 4 meses – 9 a 12 horas por noite + duas sestas durante o dia de 2 a 3 horas cada;
  • 6 meses – 11 horas por noite + duas sestas durante o dia de 2 a 3 horas cada;
  • 9 meses – 11 horas por noite + duas sestas durante o dia de 1 a 2 horas cada;
  • 1 ano – 10 a 11 horas por noite + duas sestas durante o dia de 1 a 2 horas cada;
  • 2 anos – 11 horas por noite + uma sesta durante o dia de cerca de 2 horas;
  • 3 anos – 10 a 11 horas por noite + uma sesta de 2 horas durante o dia.

Bebês que não dormem facilmente

Da mesma forma que alguns bebês dormem muito e comem pouco, também pode acontecer o contrário. Alguns bebês têm uma dificuldade enorme de dormir, e isso é prejudicial para eles, e estressante para os pais. 

Leia também:  Para que Serve o Colar de Âmbar: Entenda Sobre o Assunto!

Dito isso, reunimos algumas dicas para ajudar o seu bebê a dormir. Confira: 

  • Criar uma rotina de sono, deixando as cortinas abertas e falando ou brincando com o bebê enquanto ele está acordado durante o dia e falando num tom mais baixo e suave à noite, para o bebê começar a diferenciar o dia da noite;
  • Deitar o bebê para dormir quando se observar algum sinal de cansaço, mas com ele ainda acordado para o habituar a adormecer na própria cama;
  • Diminuir as brincadeiras depois de jantar, evitando luzes muito fortes ou a televisão;
  • Dar um banho morno algumas horas antes do bebê ir dormir para o acalmar;
  • Ninar o bebê, ler ou cantar uma música num tom suave antes de deitar o bebê para ele perceber que está na hora de dormir;
  • Não demorar muito tempo para colocar o bebê para dormir, pois o bebê pode ficar mais agitado, sendo mais difícil de adormecer.
  • A partir dos 7 meses, é normal que o bebê fique agitado e tenha dificuldade para adormecer ou que acorde várias vezes durante a noite, pois quer praticar tudo o que foi aprendendo durante o dia. Nestes casos, os pais podem deixar o bebê chorar até se acalmar, podendo ir até ao quarto em intervalos de tempo para tentar acalmá-lo, mas sem o alimentar ou tirá-lo do berço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *