quem amamenta pode cha de gengibre

Quem Amamenta Pode Tomar Chá de Gengibre? Saiba Tudo!

Nutrição

Não é só durante a gestação que as novas mamães precisam controlar sua alimentação, pois durante a amamentação também é preciso muita cautela. Não são todos os alimentos que estão liberados, uma vez que os nutrientes daquilo que for consumido será passado ao bebê, através do leite. 

Isso é válido tanto para os alimentos sólido, quanto para os líquidos. Ou seja,  nem todo chá está liberado, como muitos pensam por aí. Entre os chás mais requisitados pelas mamães, está o chá de gengibre. Mas será que ele está na lista daqueles que não devem ser usados? 

Para facilitar sua leitura separamos o artigo da seguinte forma;

O gengibre

cha de gengibre gravidez

Na cozinha, o gengibre é usado na maior parte do tempo como tempero, como também é muito utilizado como medicação. Seu sabor é único e forte, tornando-se inconfundível. Vai muito bem em assados e, principalmente, como protagonista de chá. 

A especiaria é fácil de encontrar. Em qualquer mercado ou feira, é possível encontrar gengibre fresco. Além disso, como é fácil de plantar e cultivar, muitas pessoas possuem o cultivo de gengibre em casa mesmo. Em resumo, não é difícil ter acesso ao produto. 

Mas, se ele é uma ótima opção para a maioria das pessoas, será que o gengibre pode ser consumido por mamães? 

Gengibre pode ser consumido durante a amamentação? 

Segundo a tradição popular, o gengibre é muito bom para aquelas mamães que estão amamentando. Ele é visto como um alimento que ajuda a mãe na cura do parto, além de ajudar na produção de leite. Em alguns lugares do mundo, ele é dado em forma de chá para as mulheres logo após o parto. 

Leia também:  Vitaminas na Gravidez: Importância, Quais Tomar e Benefícios

Embora o costume de tomar chá de gengibre durante a amamentação seja muito forte, não existe estudo suficientes que confirmem a sua eficácia. Apesar disso, os poucos estudo que existem apontam, sim, que o alimento é bom para mamãe e para o bebê. 

Também não existem estudos afirmando que o gengibre faça mal para a mãe e o bebê que está amamentando. Ou seja, não existe nenhum indício que ele prejudique, por isso, provavelmente não existe nenhum risco no consumo para quem está amamentando. 

Concluindo, ele está liberado para todas as mamães que estão dando de mamar para as suas crianças. 

Mas é bom lembrar que esse caso, como todos os outros, deve ser consultado pelo médico que está acompanhando o bebê e a mamãe. Só ele pode confirmar de fato se o gengibre está liberado ou não. 

Gengibre influência no sabor do leite?

Todo alimento consumido pela mãe enquanto ela está amamentando, pode influenciar no sabor do leite. Vários estudos mostram que quando a mãe come alimentos com sabor forte, mais tarde, o bebê já estará habituado, de certa forma, aquele sabor. 

Isso também vale para o sabor do gengibre, uma vez que seu sabor é bem forte. A maioria das crianças não terão problemas, mas aquelas mais sensíveis podem não gostar do sabor e recusar o leite materno. Nesse caso, talvez seja interessante tirar o gengibre da dieta. 

Como fazer o chá de gengibre? 

O gengibre pode ser consumido de várias formas pela mamãe, porém, a mais eficaz é o chá de ervas. Em contraste, o uso de suplemento de gengibre em pó ou seco deve ser discutido com o seu médico, e não costuma ser muito bem recomendado. 

Leia também:  Como Fazer Papinha Para Bebê: 4 Receitas Salgadas e Doces

Para fazer o chá de ervas de gengibre, ferva a água e corte algumas fatias de gengibre da raiz de gengibre fresco. Quando a água estiver fervendo, retire-a do fogo. Coloque o gengibre na água e deixe descansar por 5 minutos. Retire o gengibre e está pronto para ser consumido. 

Benefícios do gengibre 

Um dos principais benefícios do gengibre é o seu poder de cura. Em resumo, ele possui uma ação anti-inflamatória. Ele pode ser muito benéfico em casos de:

  • Câncer;
  • Doença crônica;
  • Má circulação;
  • Artrite;
  • Gripe;
  • Febre;
  • Náusea;
  • Problemas digestivos;
  • Dores de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Cólica. 

Contraindicações

Como tudo na vida, é necessário uma boa dose de moderação. Quase tudo aquilo que é usado em grande quantidade é prejudicial à saúde. Isso é muito mais importante se você está passando pela gestação ou já está no pós-parto, durante a amamentação. 

O gengibre fresco, em raiz, normalmente não costuma fazer quando consumido por essas mulheres. Mas em excesso ele não é recomendado. Por isso, uma xícara de chá de gengibre por dia já é mais do que suficiente. Em excesso, ele pode causar:

  • Dores de estômago;
  • Diarréia;
  • Gases;
  • Aumenta o risco de sangramento (quem perdeu muito sangue no parto, na verdade, deve evitar o consumo de gengibre).

Além disso, para quem usa certos medicamentos, ou tem alguns problemas de saúde, também é melhor ficar longe do gengibre. Como:

  • Problema de coração;
  • Pressão alta;
  • Diabetes;
  • Alergia. 

Por fim, como já foi dito, antes de consumir o produto, consulte o seu médico e o do bebê.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *