dispositivo anti mosquito

Dispositivo Anti Mosquito – O que é E Sua utilidade Para os Bebês!

Bem Estar

Mosquitos são animais que podem causar muito incômodo, tanto para os adultos quanto para os bebês. 

Aquele zunido, que ataca principalmente durante a noite, e as picadas podem ser bastante desagradáveis. Além disso, você não quer ver seu bebê cheio de picadinhas. 

Um adulto pode recorrer a vários meios de evitar esse tipo de incômodo. Desde repelentes, que previnem, até mesmo aquelas icônicas raquetes elétricas para matar os animais em sua volta. 

Já os bebês, não possuem tantas opções viáveis a disposição. Primeiramente, crianças de até seis meses de idade não podem usar nenhum tipo de repelente.

Elas também não possuem despreza suficiente para se livrar desses pequenos animais. Como fazer para que crianças fiquem protegidas de pernilongos?

Basicamente, a única opção que os pais podem usar com os bebês são as barreiras físicas. Por exemplo roupas longas, que cubram a pele, e redes que impedem a entrada dos pernilongos. 

Além disso, existem alguns equipamentos que podem ajudar nessa luta constante dos bebês contra os pernilongos: os dispositivos anti mosquito!

O que é um dispositivo anti mosquito?

Você já ouviu falar de dispositivo anti mosquito? Basicamente, é um pequeno aparelho que pode ser equipado em qualquer cômodo da casa, que irá dispensar os pernilongos do local. 

Sobretudo, ele funciona usando a tecnologia de ultrassons, que é bastante desagradável para os mosquitos.

Eles são dispositivos capazes de utilizar a transmissão de ondas de ultrassom para manter pernilongos, mosquitos e insetos longe. Cada equipamento tem um funcionamento mais eficiente para um tipo de alvo. 

Apesar do funcionamento diferenciado, pouco visto normalmente, ele não causa efeitos indesejáveis nas pessoas, e muito menos nas crianças. os sons emitidos pelo aparelho são completamente ecológicos;

Leia também:  O que é o endométrio? Espessura, gravidez e doenças

Após instalado, ele possui um alcance de um raio de aproximadamente três metros. 

Funcionando quase como uma barreira invisível, esse aparelho faz com que pernilongos, e outros insetos, não se aproximem do ambiente em que foi instalado. 

Como usar dispositivo anti mosquito

Os dispositivos anti mosquitos, ou repelentes eletrônicos, funcionam de maneira muito simples. Eles são ligados a uma tomada convencional e – na maioria das vezes – têm suporte a múltiplas voltagens. 

Esse tipo de equipamento costuma ser menor, e pode ser instalado em qualquer área interna. 

Por fim, o preço desse equipamento não é caro, custando em média trinta reais. 

Importância do dispositivo anti mosquito para bebês

Alergia por picada de mosquito e pernilongo são muito raras. Ainda assim, esse inconveniente pode ser muito mais dolorosa em crianças e bebês do que em adultos. 

Nos bebês, essas mordidas vão muito além de irritantes, podendo provocar pequenas reações alérgicas importantes, por exemplo erupções cutâneas prolongadas e difícil de tratar. 

Além disso, mesmo que não causem grandes consequências na saúde do bebê, dependendo da sensibilidade da sua pele, as marcas podem ser difíceis de sair depois. 

Dito isso, a melhor forma de lidar com esse problema é prevenindo esse tipo de picada na criança. 

Dentre as possibilidade de prevenção contra as picadas de pernilongos, o dispositivo anti mosquito é uma das mais eficazes. 

Além de não prejudicar a saúde do bebê, ela é extremamente eficaz em deixar esses animais longe do local onde ele está. 

Por fim, esses dispositivos não são muito caros, dessa forma, dá para instalar dispositivos por todos os cômodos da casa, afastando os pernilongos de todo o território e podendo deixar o bebê ficar por todos os lados. 

Leia também:  Chá de Picão Para Bebê: O Que É, Pra Que Serve e Como Usar!

Prevenção de picadas

O dispositivo anti mosquito é, talvez, o mais eficiente para prevenir as picadas de pernilongos nos bebês. Ainda assim, existem outros métodos bastante eficazes. 

Certamente os bebês com menos de seis meses de vida não podem usar nenhum tipo de repelente, apesar disso, depois dessa idade existem alguns produtos anti mosquitos permitidos por pediatras, diante prescrição médica, claro!

Primeiramente, aplique uma leve camada de repelente de mosquitos na pele do bebê (lembre-se, o repelente indicado pelo pediatra). Isso será suficiente, mas evite o contato com os olhos, boca e membranas mucosas. 

Também pode ser interessante o uso de mosquiteiros, que irão proteger a crianças dos pernilongos enquanto eles dormem. Use essa ferramenta com um tecido apertado onde a criança dorme.

Para prevenir de verdade, evite deixar os recipientes cheios de água parada no terraço, jardim e na casa. Isso atrai pernilongos, insetos indesejados e até mesmo o aedes aegypti para a casa.

Por fim, pode ser interessante limitar o uso de perfumes ou desodorantes com odor intenso que possa atrair mosquitos. Também evite usar roupas muito coloridas e brilhantes.

Repelentes

Como já foi dito, apenas bebês acima de seis meses podem usar repelentes. Até essa idade, as outras dicas dadas até esse momento do artigo devem ser seguidas. 

Lembre-se que mosquitos Aedes aegypti são encontrados em locais abertos e têm predileção pelo tornozelo, por isso é importante protegê-lo com calças claras para evitar a picada. Vale manter as janelas fechadas ao nascer e pôr do sol, quando eles atacam mais.

Após os seis meses, é interessante começar a usar um repelente indicado pelo pediatra. 

Por fim, após adquirir o repelente, aplique primeiro no antebraço e aguarde 24 horas. Se não houver reação alérgica, espalhe-o sobre todas as partes do corpo expostas.

Leia também:  Calmante natural para bebê: quais são os melhores?

Leia o rótulo para ver o tempo de reaplicação do produto, que deve ser removido no banho antes de a criança ir para a cama. 

Além disso, se for usar o protetor solar na mesma ocasião, aplique-o e aguarde 20 minutos para, então, passar o repelente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.