composto lacteo

Diferença Entre Composto Lácteo, Leite em Pó e Fórmula Infantil

Nutrição

É consenso entre os médicos que nos seis primeiros meses de vida de um bebê, a alimentação da criança deve ser feita apenas com leite materno. Será incluído outros tipos de alimento, assim como outros tipos de leite, apenas a partir do sexto mês de vida do bebê. 

Em resumo, o leite materno, durante esse período, possui todos os nutrientes básicos que uma criança necessita. Mas, mesmo depois do sexto mês de vida, mesmo com a inclusão de outros alimentos, é recomendado pelos pediatras que a mamãe continue amamentando por pelo menos até dois anos de vida da criança. 

Apesar disso, muitas mulheres não conseguem cumprir esse prazo, devido a alguns problemas que ela pode ter ao amamentar, ou problemas que o bebê pode desenvolver. Nesses casos específicos, os médicos costumam recomendar suplementação extra às crianças. 

Na maioria dos casos, existem três suplementos alimentares distintos que podem ser recomendados pelos médicos: fórmula infantil, composto lácteo e leite em pó. 

Fórmula infantil

A fórmula infantil é o leite de vaca modificado, embora o produto não possua diversos compostos presentes no leite materno, a indústria alimentícia com o objetivo torná-lo compatível, permite o ajuste da quantidade de gordura, proteína do leite, carboidratos, vitaminas e minerais.

A fórmula infantil é o substituto mais adequado e seguro do leite materno até, pelo menos, nove meses de idade, por satisfazer todas as necessidades nutricionais dos lactentes durante os primeiros seis meses de vida de forma exclusiva e a partir dessa idade, sendo complementado com outros alimentos até um ano.

Hoje, existem diversas fórmulas infantis no mercado, desenvolvidas para públicos específicos e necessidades nutricionais especiais como: prematuros, sem lactose, de soja, entre outras, sendo classificadas pela faixa etária: 0 a 6 meses e 6 a 12 meses (ou a partir de 6 meses).

Leia também:  Pode Misturar Aptamil com Mucilon? Veja as vantagens e desvantagens!

Apesar disso, é importante orientar os pais e familiares em relação ao preparo do produto lácteo, chamando a atenção para a quantidade correta da fórmula e de água para reconstituição indicadas na embalagem. 

O preparo inadequado do produto lácteo pode prejudicar o crescimento da criança, tanto pela oferta de menor quantidade da fórmula, favorecendo ao pouco ganho de peso, quanto pela sua maior oferta, contribuindo para o ganho de peso excessivo.  

Composto lácteo

É o produto em pó resultante da mistura do leite de vaca e produtos ou substâncias alimentícias lácteas e/ou não lácteas aptas para alimentação humana, como: óleos vegetais, fibras, vitaminas e minerais. 

No entanto, a legislação permite que o produto contenha apenas no mínimo 51% de ingredientes lácteos em sua composição, por isso, não pode ser classificado como leite. Além disso, os produtos classificados como compostos lácteos podem apresentar açúcar e aditivos alimentares na sua composição.

O composto lácteo é um produto ultraprocessado, portanto não recomenda o uso para crianças menores de dois anos pela presença de açúcar e aditivos alimentares na composição do produto. Sendo assim, não é indicado como substituto do leite materno e de fórmulas infantis.

Muitos pais e familiares se confundem na hora da compra, pois os compostos lácteos apresentam embalagens semelhantes às fórmulas infantis, e geralmente são vendidos juntos, porém com preços menores. 

Além disso, como forma de marketing, em alguns destes produtos vêm descrito o gênero e a faixa etária para qual o mesmo é indicado de acordo com os nutrientes acrescidos, sendo fácil o consumidor se enganar e levar o produto errado para casa.

Leite em pó

Enfim, o leite em pó é um resíduo sólido de sobra do leite de vaca depois de evaporado na água. Assim como o leite de vaca, não é o mais indicado para crianças pequenas, pois é um produto pobre em nutrientes, tão necessários para crianças pequenas. 

Leia também:  Panqueca para Bebê: 11 Receitas Fáceis de Fazer!

O leite em pó pode ser tomado por crianças que tenham mais de três anos de idade. 

Composto em pó X Leite 

O leite em pó é composto por água, gordura, vitaminas, proteínas, enzimas e lactose. O leite tem o cálcio mais biodisponível, ou seja, o cálcio absorvido e obtido por desidratação do leite de vaca integral. Deve conter somente proteínas, açúcares, gorduras e outras substâncias minerais próprias do leite. 

Já o composto lácteo não pode ser chamado de leite, pelo fato de ter outros ingredientes em sua composição. É feito a partir do leite e leite reconstituído. Isso não significa que o composto lácteo seja um produto inferior, ele apenas não possui as mesmas propriedades do leite integral. 

Dito isso, nenhum dos dois é ideal para crianças que precisam de suplementação. Então no jogo de um contra o outro, os dois perdem. Dito isso, no caso de mães que não podem amamentar, o produto ideal para os bebês é a fórmula infantil, sendo o indicado por pediatras. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *