calmante natural para bebe

Calmante natural para bebê: quais são os melhores?

Bem Estar

Um problema muito comum entre os papais e mamães é o bebê agitado, que tem muita dificuldade para dormir. Em muitos lares, alguns bebês não conseguem dormir nem sequer duas horas seguidas por noite. Isso é prejudicial para a criança, e também para os pais, que não conseguem descansar. 

Uma opção para os progenitores é buscarem todas soluções possíveis e com efeito mais rápido para fazer com que as crianças se acalmem e permitam um espaço maior de tempo para toda a família. Uma das sugestões dadas por muitas pessoas são os calmantes.

Em uma pesquisa rápida pelo mercado farmacêutico , é possível encontrar alguns calmantes naturais ou fitoterápicos direcionados a auxiliar para um sono mais tranquilo do bebê. Apesar disso, a maioria deles não tem o uso autorizado pela Anvisa no Brasil.

Um dos mais populares é o Sonin, um anti-histamínico que pode trazer vários efeitos colaterais, como a sonolência excessiva, por exemplo. A venda é proibida para menores de 1 ano, sendo apenas indicado para doenças sérias como bronquite e conjuntivite.

Além disso, o uso desse tipo de remédio para fazer seu bebê dormir melhor, pode causar uma dependência química, podendo trazer problemas futuros. Ou seja, o bebê pode não conseguir dormir se não estiver sob o efeito desses remédios, além de outros efeitos colaterais, como tontura, boca seca e agitação.

Mas se o uso de remédios não é a melhor opção, quais são os calmantes que podem ser usados? 

Calmantes naturais para bebês

Uma boa opção de calmante natural para bebês é o chá de camomila com erva doce. Além do benefício de acalmar o pequenino, ele também pode favorecer o sono e auxiliar no combate aos gases que provocam cólicas, principalmente nos primeiros meses de vida da criança.

Leia também:  Bactérias Cromogênicas: O Que É e O problema Em Crianças

Dito isso, existe um suplemento alimentar chamado funchicórea que contém plantas medicinais e pode ser utilizado como calmante natural para bebês e recém nascidos. Mas lembre-se, apesar de poder ser comprado sem receita médica, só deve ser utilizado com o conhecimento do pediatra da criança.

Por fim, outra opção de calmante natural para bebês com mais de 6 meses, que já tenham iniciado a alimentação diversificada é o suco natural de maracujá. Basta bater no liquidificador a polpa de 1 maracujá com 1 copo de água, coar e depois oferecer ao bebê cerca de meio copo.

Banhos calmantes

Os banhos com ervas são uma boa opção para bebês agitados depois dos seis meses de idade. Chamado de terapêutico, o uso da água morna já contribui para aumentar a vasodilatação do bebê. Já as ervas têm função diretamente calmante.

As mais indicadas para os banhos são:

  • Camomila: acalmam a pele e tem propriedades digestivas;
  • Calêndula: contribui para diminuir alergias e inflamações que causam estresse;
  • Manjericão: está relacionada ao aumento e renovação de energias;
  • Hortelã: refrescante, é excelente para dias de calor e ainda contribui para bebês com problemas respiratórios causados por resfriados;
  • Sálvia: outra opção aliada no combate da congestão nasal.

Também é possível usar uma substância como o amido de milho. Misturada com a água morna, uma ou duas colheres transpassam uma sensação de frescor. Para os bebês com pele sensível, ajuda a acalmar erupções.

Outras formas de acalmar o bebê

Bebês aprendem tudo a que os adultos estejam dispostos a ensinar. Dito isso, da mesma forma que um pai e uma mãe estão aprendendo a fazer isso ao longo do tempo, os bebês também estão aprendendo tudo, Ele precisa ser estimulado aos poucos a entender certas atitudes comportamentais.

Leia também:  Depressão Pós-Parto: O Que é? Causas e Tratamento!

Uma das primeiras coisas que os bebês precisam aprender, é a hora de como as coisas acontecem, seguida da diferença entre atividades diurnas e noturnas. Mantenha as sonecas durante o dia deixando o ambiente claro e crie uma rotina relaxante com o quarto mais escuro à noite.

1 – Sonecas

Não há calmante que resolva se o seu bebê não estiver dormindo as horas de sono necessárias a cada idade. Os recém-nascidos, por exemplo, precisam dormir de 16 a 20 horas por dia, entre as sonecas durante o dia e o sono da noite.

Impedir que o bebê durma durante o dia, pode deixá-lo irritado e atrapalhar quando chegar a noite.

2 – Rotina relaxante

Prepare uma rotina para que ele se acalme naturalmente, sem precisar de nenhum remédio, mesmo que afirme que é fitoterápico e inofensivo. Prepare um banho morno e talvez mais demorado, faça brincadeiras tranquilas, cante, coloque músicas calmas, escolha roupas mais confortáveis.

3 – Ajuda profissional 

Essas dicas podem ajudar bastante, mas nada supera uma consulta profissional com um pediatra. Se a criança está muito agitada, nunca descansa ou dorme direito, talvez seja hora de procurar a opinião de um profissional. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *